Fraternidade Branca Raio Azul

Dando início a nossa série de artigos falando sobre os raios cósmicos da Grande Fraternidade Branca, falaremos sobre o 1°  Raio – Raio Azul, o qual representa o primeiro dia da semana - o Domingo.



Características do Raio Azul


Chohans do Raio : Mestre El Morya e seu Complemento Divino Lady Miriam;

Arcanjos: Arcanjo Miguel e seu Complemento Divino Santa Fé. O templo de Arcanjo Miguel está situado no plano etérico, nas Montanhas Rochosas no Canadá;

Helohins: Hércules e seu Complemento Divino Amazon. Eles criaram a Terra com a substância primordial. Eles são a expressão da Vontade mais a Força da criação;

Mestre El Morya em suas encarnações foi: 

Abraão – que fundou as 12 tribos de Israel
Melquior – um dos três reis Magos.
Rei Artur – que convocou a a corte de Camelot para buscar o Santo Graal.

El Morya foi Thomas Becket e também Thomas More, onde defendeu a Fé e a Verdade, discordando do Rei Henrique II e VIII, nestas duas encarnações. 

No século 16, El Morya nasceu no Oriente, como o maior dos imperadores mongol, o grande Akbar.  Jalal-ud-Din Mohammed Akbar, o Grande. Nasceu em 15 de junho de 1542 em Agra, e faleceu em 13 de outubro de 1605.

El Morya foi o mentor da fundadora da Teosofia, Helena Blavatski, juntamente com Mestre Kutumi do segundo raio.

Foi também o inspirador da Ponte para a Liberdade e da Summit Lighthouse.

Não se sabe ao certo a data de seu nascimento mas sua ascensão foi em 1898 e a comemoração de sua ascensão, ocorre todo dia 4 de abril. 

Seu retiro no plano etérico está localizado sobre Darjeeling, na Índia. E sua música é “Pomp and Circuntance.”

A tônica desse raio é a Vontade Divina, o poder, a determinação, a direção, a iniciativa, a força, a coragem, a confiança, a proteção  e o reconhecimento do “Eu Sou”.

Aí vem uma pergunta: como eu posso manifestar a chama azul no meu dia a dia?

Quando uma pessoa está sob a influência desse raio, todas essas virtudes podem ser desenvolvidas. É uma pessoa que busca realizar profundamente em suas conquistas a Vontade Divina.

E quando não estou harmonizado com estas virtudes?


Como somos seres duais, podemos também vibrar negativamente esses aspectos, então, a ansiedade e a impulsividade fará com que se atropele o momento certo de ação, podendo não respeitar as pessoas passando por cima delas; sendo arrogante em muitas situações; sendo controlador, tudo tem que ser do seu jeito; orgulhoso, não admitindo que não é a dono da verdade; é uma pessoa extremamente mental, racional, não conseguindo deixar se influenciar pelo coração; 

Inseguro e medroso, baixa autoestima. Pode também ser uma pessoa que vive muito para o exterior, se comparando sempre aos outros e com isso sendo muito competitiva. 

Vou dar um exemplo pessoal. Eu já trabalho com terapias holísticas desde 2005, quando fiz meu primeiro curso que foi o Tarô. 

No começo foi difícil, achava que talvez essa não fosse minha missão, meu objetivo de vida, mas fui tocando assim mesmo, até que tive uma oportunidade de expansão e trabalhei bastante com as várias técnicas que aprendi.

Mas, a vida é muito dinâmica e por conta de um retorno à minha cidade, perdi muitos clientes e aí desanimei de vez.

Estava desestimulada, sem ânimo para começar de novo, sem força mesmo. Também não fazia nada para melhorar este estado de apatia. Foi quando fiz um mergulho nos Mestres da Fraternidade Branca e me dediquei ao conhecimento profundo de todos os raios.

Mas sempre se começa pelo primeiro, não é? E quando estudei o Raio Azul, percebi que na realidade eu estava com uma baixa autoestima, não estava confiando na minha capacidade que sabia que existia; faltava-me determinação para ir atrás dos meus objetivos, faltava-me fé em mim e em Deus; não tinha iniciativa, sempre dependia de outra pessoa para dar um passo a frente; era muito crítica em relação à mim e aos outros e queria controlar excessivamente meus caminhos, tinha que ser do jeito que eu tinha programado. Tudo no mental e no racional.

Foi aí que tomei a decisão de encarar os problemas e começar de novo. O estudo dos Mestre e dos Raios com suas tônicas é um mergulho no autoconhecimento e isso nos impulsiona a melhorarmos.

Para vivenciar os aspectos positivos da Chama Azul é necessário um trabalho intenso de autoestima, confiança na sua capacidade e fé na Vida; e o reconhecimento do seu Eu Divino, meditações e decretos desse raio.

 “EU SOU a Vontade Divina manifestada em mim.”

  “EU  SOU  O  QUE  EU  SOU”

Nas próximas semanas estaremos falando mais sobre os próximos seis raios cósmicos e fica aqui o convite para você acompanhar cada um deles.

Para você não perder nada aqui estão os links dos artigos desta série


Grande Fraternidade Branca  

Uma semana de muita LUZ e PROSPERIDADE!!!

Atendimentos a Distância via Skype ou Whatsapp.
Cursos de Numerologia, Reiki Níveis I, II e III.
Atendimentos em Mesa Radiônica com prescrição de florais.
Atendimento em Taro com Orientação.

Fone/Whatsapp: 11-97191-2444 (Vivo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nossas Postagens Mais Visitadas